Aspetos técnicos/tácticos

  1. Recepção

Pode ser feita com diversas partes do corpo, com excepção dos braços e das mãos.

As recepções mais comuns são realizadas com:

  • pés – planta, peito, parte interior ou exterior;
  • coxa, peito e cabeça

2. Passe

Para passares a bola, tens de observar primeiro o jogo, para ver se tens um companheiro desmarcado e decidires o que vais fazer após o passe.

Existem vários tipos de passe: com o pé (parte interior, parte exterior, planta do pé e peito do pé), com o peito, com a cabeça e com o calcanhar.

3 pontos importantes:

  • Cabeça levantada e tronco na vertical para ver sempre a bola;
  • Controlar a força e a direcção da bola para uma boa recepção;
  • Continuar o movimento da perna que executa o passe.

3. Condução

É um gesto técnico que permite a progressão no terreno de jogo. A progressão é utilizada preferencialmente quando um jogador ainda se encontra longe da baliza, fazendo a bola rolar no solo através de toques sucessivos. Pode ser executada com várias superfícies do pé (peito,planta, parte interior e parte exterior).

3 pontos importantes:

  • Corpo ligeiramente flectido à frente;
  • Cabeça levantada para estar atento à movimentação dos colegas e dos adversários;
  • Levar a bola dando sucessivos toques ligeiros, sempre próxima do pé que a conduz.

 

4. Fintas e Dribles

A finta ou simulação é um elemento técnico cujo objectivo é ultrapassar o defesa, ludibriando-o, para criar situações de superioridade numérica.

As fintas e simulações podem ser feitas sem posse de bola ou com posse de bola. Quando são feitas em situações de posse de bola designam-se drible.

3 pontos importantes:

  • Realizar a finta ou simulação próximo do adversário;
  • Mudanças rápidas de direcção para o lado contrário;
  • Ultrapassar o adversário pelo lado.

 

5. Marcação

A marcação visa evitar que os jogadores da equipa adversária atinjam o seu objectivo. Faz-se através de um acompanhamento constante do adversário, esteja ou não de posse de bola.

3 pontos importantes:

  • Na marcação a um adversário de posse da bola, colocar-se entre este e a baliza, flectindo as pernas e inclinando ligeiramente o tronco à frente;
  • Na marcação a um adversário sem bola;colocar-se entre este e a baliza tentando observar simultaneamente o adversário e a bola e estar preparado para cortar a linha de passe;
  • Ter uma atitude activa na defesa.

 

6. Desmarcação

A desmarcação serve para fugir à marcação do adversário e criar linhas de passe ofensivas, utilizando, por exemplo, fintas de corpo.

3 pontos importantes:

  • Ganhar, através de movimentos rápidos, uma posição de vantagem para receber a bola;
  • Ocupação dos espaços livres para criar linhas de passe;
  • Movimentações constantes de aproximação, afastamento, rotações, …

 

7. Remate

É o gesto técnico que permite concluir todas as acções técnico-tácticas. Pode ser executado com a coxa, peito, cabeça ou qualquer parte do pé (peito, biqueira, calcanhar, parte interior, parte exterior,…).

As determinantes técnicas são semelhantes às do passe. No entanto, por serem

Anúncios
%d bloggers like this: